Cinema com entrada franca no Sesc - Santa Tereza Tem
Logo

Cinema com entrada franca no Sesc

 Cinema com entrada franca no Sesc Floresta, pertinho de Santa Tereza

Diversas unidades do Sesc em Minas Gerais estão promovendo exibições de filmes por meio do Cine Sesc, iniciativa que incentiva a circulação, difusão e acesso a produções cinematográficas nacionais e internacionais. As sessões, sempre gratuitas vão até 27 de agosto.

Muitas salas de exibição foram reformadas e novos equipamentos foram adquiridos para proporcionar uma experiência ainda mais confortável aos espectadores.

O Cine Sesc é um dos maiores circuitos de exibição de cinema em Minas Gerais e no Brasil. Realizado em parceria com o Departamento Nacional do Sesc, tem o objetivo de proporcionar acesso à produção audiovisual nacional e mundial, tanto do circuito comercial quanto alternativo. O projeto conta também com uma versão itinerante (tenda Cine Sesc) que atende cidades ou comunidades onde não há unidade física da instituição..

Confira a programação de junho .

No interior as cidades que recebem as exibições são Lavras, Patos de Minas, Araxá, Bom Despacho, Governador Valadares, Januária,  Juiz de Fora, Montes Claros,  Muriaé, Paracatu, Poços de Caldas, Teófilo Otoni, Santa Luzia, Sete Lagoas, Uberaba eUberlândia

Em  Belo Horizonte: Sesc Desportivo (Venda Nova), Sesc Floresta, Sesc  e Sesc Tupinambas (centro)

A entrada é gratuita e o horário, 19h.
Informações sobre as atividades: (31) 3270-8100

No Sesc Floresta

A sala de cinema do Sesc Floresta, a unidade mais próxima de Santa Tereza, foi toda reformada, com piso, pintura, novo projetor, tela e home theather. Fica  Rua Pouso Alegre, 1677, terá as seguintes exibições:

18/6 : O marido da cabeleireira

cine o maridoPatrice Leconte | França | 1990 | 85min | Classificação 12 anos

Desde cedo um garoto se apaixona por uma cabeleireira e sempre arruma uma forma de cortar o cabelo para estar próximo da amada. A obsessão do menino em cortar os cabelos permanece até a sua fase adulta, quando novamente cai de amores por outra cabeleireira. Lindo e poético filme francês, de imenso sucesso nos anos 90.                                                          

 

25/6 : Medianeras

Gustavo Taretto | Argentina | 2012 | 95min | Classificação 12 anos

Martin (Javier Drolas) está sozinho, passa por um momento de depressão e não se conforma com a maneira com a cidade de Buenos Aires cresceu e foi construída. Web designer, meio neurótico, pouco sai e fica grande parte do tempo no computador. É através da internet que conhece Mariana (Pilar López de Ayala), sua vizinha também solitária e desiludida com a vida moderna numa grande cidade.                 

2/7 : A separação

Asghar Farhadi | Irã | 2012 | 123min | Classificação 12 anos

Nader e Simin divergem sobre a possibilidade de deixar o Irã. Simin quer deixar o país para dar melhores oportunidades a sua filha, Termeh. Nader, no entanto, quer continuar no Irã para cuidar de seu pai, que sofre do Mal de Alzheimer. Chegam à conclusão de que devem se separar, mesmo ainda estando apaixonados. Sem uma esposa para cuidar da casa, Nader contrata uma empregada para ser responsável pelos afazeres domésticos e por tratar da rotina de seu pai. A empregada, que está grávida, aceita o trabalho sem avisar o seu marido.

Informações: (31) 3465-4900
Horário: 19h – entrada franca

Novidade em 2015

cine separa

A Separação, filme iraniano faz parte da mostra

A cada mês, o projeto faz abordagem específica. O primeiro tema será Essas questões do amor. A mostra traz trabalhos da França, Irã e Argentina. Os filmes a serem exibidos são: Esses amores (França, 2010); Como arrasar um coração (França/Mônaco, 2010); A separação (Irã, 2012); Medianeras (Argentina, 2012); e O marido da cabeleireira (França, 1990). 

 A partir de julho, o tema será Passado: memória presente. Quatro filmes compõem a segunda temporada: Incêndios (Canadá, 2010); Histórias que só existem quando lembradas (Brasil, 2012);  Diário de uma busca (Brasil, 2012); e O espírito da colmeia (Espanha, 1973).

Já em agosto o tema é Mestres do Cinema 1: Orson Welles, com um recorte do trabalho do cineastas norte americano. Serão exibidos os filmes: A dama de Shangai (Estados Unidos, 1948); A marca da maldade (Estados Unidos, 1958); Cidadão Kane (Estados Unidos, 1941); F for Fake (Estados Unidos, 1973)

Anúncios